26 de mar de 2008

Terrapia volta a realizar seminários sobre alimento vivo a partir de 27/03

Os Seminários do Projeto Terrapia Alimentação Viva na Promoção da Saúde do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP/Fiocruz) voltam a ser realizados a partir desta quinta-feira (27/03). A Horta do projeto receberá alunos para um novo semestre de palestras sobre alimentação viva e alimentos germinados. Algumas inovações estão programadas para este retorno. Entre elas estão algumas receitas de consomés de legumes, pão, leite e queijo vivos. Além disso, técnicas para aprender a controlar a respiração e aulas de ioga também fazem parte da nova estrutura da programa.

O Terrapia tem como foco a divulgação da alimentação viva, baseada em sementes germinadas, brotos e alimentos crus. Tudo isso com uma ampla reflexão sobre o estilo de vida e o envolvimento com os cuidados ambientais, entendendo o ser humano como integrante da rede da vida. Esse projeto está inserido no campo da promoção da saúde e visa promover ações voltadas para o incentivo às práticas de atividade física e reorientação de hábitos alimentares. Os Seminário, que são gratuitos, acontecerão todas as quintas-feiras durante o período que vai de 27/03 a 3/07. Vale lembrar que cada participante deve levar os materiais utilizados durante as oficinas.

No final do semestre, os alunos que participam de todos os 15 seminários passam por uma avaliação prática e oral de seu aprendizado. Durante essa conversa os participantes falam sobre seus anseios, experiências e expectativas. Outro ponto da avaliação é o preparo das receitas aprendidas ao longo do semestre. A freqüência dos alunos é computada por meio do cumprimento das tarefas de casa e presença nos Seminários.

A mudança do sistema de Curso, adotada até 2006, para a modalidade de Seminários permitiu mais liberdade aos interessados e resultou em muito mais visitas e conhecimento do Projeto. Agora são utilizados blocos de temas e receitas específicas permitindo assim uma participação mais livre, mais voltada para os interesses de cada freqüentador. As inscrições para os Seminários estão abertas e podem ser feitas por meio do e-mail: terrapia@ensp.fiocruz.br ou pelo telefone 2598-2659.

No último ano o projeto formou cerca de 70 alunos em Produtores Orgânicos de Sementes Germinadas e Brotos de Cultivo Doméstico em 2007 e contabilizou o expressivo número de sete mil visitas. O foco é a produção individual de sementes baseada na idéia da alimentação e do impacto ambiental da natureza causados pelos hábitos dos seres humanos.

Veja como chegar à Horta do Terrapia:


Fonte: http://www.ensp.fiocruz.br/informe/materia.cfm?matid=9261

6 de mar de 2008

Fuco-fuco

Clique na imagem para ampliar sua visão ;)

Neste dia 7 de março, sexta-feira, você não pode perder a festa de ritmos brasileiros FUCO-FUCO, no Brasil Mestiço, Lapa. Haverá forró com o grupo Filhos d'Aldeia e jongo como o grupo Carvoeiros. Nos intervalos, DJ Curumim, DJ Lencinho e a nova DJ Millena Reis tocando o regional roots do Brasil - tambor de crioula, jongo, maracatú, maxixe, côco....

A entrada é R$10,00 e a cerveja será vendida a R$ 2,00. O Brasil Mestiço fica na Av. Mem de Sá, 61 – Lapa. Telefone: 2509-7418.

26 de fev de 2008

Convite Biochip/ Feira do Desenho Vivo / Escolas

Convivência com o Biochip
Dia 27 de fevereiro de 2008, de 9h às 11h, no Auditório do RDC - PUC-Rio

Apresentação da pesquisa com imagens, demonstração de germinação de sementes e extração do Suco da Luz do Sol .

Biochip- Grupo Aberto de Estudo, Pesquisa e Desenho, que investiga as cores e a recuperação da informação através do desenho com sementes germinadas, hortaliças e frutas.

Calendário do curso:
http://wwwusers.rdc.puc-rio.br/anabranc/portugues/biochip_calendario.htm


Feira do Desenho Vivo
Dia 6 de março de 2008, das 10h às 14h, no campus da PUC-Rio

Reinício das instalações das quintas-feiras, quando é demonstrado o processo de produção e exposição para experimentação saborosa dos resultados dessa pesquisa que utiliza técnicas e práticas de revitalização dos alimentos vegetais.

http://wwwusers.rdc.puc-rio.br/anabranc/portugues/desenhovivo.html


Convite às Escolas
Convidamos as crianças de sua escola para participar das oficinas gratuitas com massa de modelar comestível, que acontecem das 10h às 12h e das 12h às 14h nas quintas-feiras, durante a Feira do Desenho Vivo.

Para aceitar o convite, agende a data pelo anabranc@rdc.puc-rio.br

http://wwwusers.rdc.puc-rio.br/anabranc/portugues/FeiraDesenhoVivo/Convite_Escolas.html


Endereço:
PUC-Rio :: Rua Marques de São Vicente, 225 - Gávea, Rio de Janeiro

20 de fev de 2008

Terrapia: dez anos de alimento vivo e vida saudável


‘Tembiu Poran Aguijeveté! Alimento bonito, agradecido’. É cantando em tupi guarani e português que os integrantes do Projeto Terrapia Alimentação Viva na Promoção da Saúde do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP/Fiocruz) homenageiam a terra e os alimentos proporcionados por ela e iniciam o dia de atividades. No início de sua segunda década de trabalho, o Terrapia promete muitos projetos e inovações para 2008, entre eles, um site, aulas de ioga regulares e mais dias de funcionamento da Cantina Viva. Com cada vez mais participantes, o Projeto formou cerca de 70 alunos em Produtores Orgânicos de Sementes Germinadas e Brotos de Cultivo Doméstico em 2007 e contabilizou o expressivo número de sete mil visitas.

Para Maria Luiza Branco Nogueira da Silva, coordenadora do Terrapia, a mudança do sistema de Curso, adotada até 2006, para a modalidade de Seminários permitiu mais liberdade aos interessados e resultou em muito mais visitas e conhecimento do Projeto. “Isso foi principalmente um mudança de atitude, pois nem sempre as pessoas interessadas têm disponibilidade de tempo para participar de todas as reuniões. Formando blocos de temas e receitas específicas permitimos a eles uma participação mais livre, mais voltada para os seus interesses. Achamos extremamente interessante não fechar nenhuma possibilidade para ninguém”, explicou Maria Luiza. É bom lembrar que as inscrições para os Seminários estão abertas e podem ser feitas por meio do e-mail: terrapia@ensp.fiocruz.br ou pelo telefone 2598-2659.

O primeiro seminário do Terrapia de 2008 será realizado em 27 de março. Desde o início do ano, no entanto, estão sendo ministradas oficinas sobre alimentação viva e alimentos germinados às terças e quintas-feiras na Horta do Terrapia. “Além disso, a Cantina Viva, que oferece refeições vivas, já retomou suas atividades, que desde o ano passado acontecem na Horta do Terrapia todas as quartas-feiras”, contou Maria Luiza.

Os alunos que participam dos 15 seminários passam por uma avaliação prática e oral de seu aprendizado. “Nós conversamos sobre seus anseios de quando chegaram aqui, qual foi o efeito do alimento vivo na vida de cada um deles, suas experiências e expectativas. É um momento de muita emoção, todos abrem os seus corações. Além disso, os alunos fazem diversas receitas e concluímos os Seminários com um grande almoço de confraternização”, comentou.

Novas receitas e o tradicional suco de clorofila
Os alunos que participarem dos seminários em 2008 poderão aprender novas receitas que serão incorporadas. “Além de receitas de pão, leite e queijo vivos também teremos uma série de receitas líquidas interessantíssimas. Nosso novo destaque é para os consomés de legumes (ver abaixo). Eles são de fácil digestão e mais fáceis de serem consumidos por pessoas que têm dificuldade de mastigação, pessoas idosas, etc. Essas sopinhas vivas podem ser servidas frias ou amornadas e já foram incorporadas ao cardápio do cantina viva”, disse Maria Luiza.

A coordenadora contou que o suco de clorofila é sempre a primeira receita passada aos alunos, é a primeira experiência deles com os alimentos vivos. “Nesses dez anos de Projeto, descobrimos que o suco de clorofila foi a receita que a maioria das pessoas que passaram por aqui conseguiram introduzir na sua alimentação diária. As pessoas vêm e participam, algumas adotam completamente a alimentação viva e outras apenas complementam a alimentação ‘regular’ com esses alimentos. Mas o hábito de tomar suco de clorofila pela manhã é unânime nos participantes”, disse Maria Luiza.

Ela explicou ainda que a clorofila tem uma estrutura molecular semelhante a da hemoglobina. “A diferença é que a hemoglobina tem um núcleo de ferro e a outra um núcleo de magnésio. Quando essa substância entra no organismo, ele mesmo se encarrega de trocar o magnésio pelo ferro se tornando uma nova hemoglobina, que é completamente absorvido pelo corpo ajudando a retirar toxinas e oxigenar células. O suco revitaliza o ser humano, dá um gás para começar o novo dia”. Maria Luiza afirma ainda que com uma semana as pessoas já sentem as mudanças da ação do suco no organismo.

“Fundamentalmente o Terrapia é um suporte que possibilita ambientes especiais para mudanças de hábitos de vida. Aqui no Rio de Janeiro existem muitos outros grupos que adotaram a alimentação viva. Com essa idéia, nós da Fiocruz e a PUC, que também tem um núcleo significativo de alimentação viva, funcionamos como lugares de aquecimento para disseminação de informação aos outros grupos. Em cada pequeno grupo existem pessoas específicas que ficam antenadas conosco e são encarregadas de disseminar as informações e novidades para os seus núcleos. O alimento vivo é uma idéia que vem crescendo progressivamente”, alegrou-se Maria Luiza.

A coordenadora lembrou também que ninguém sai do Terrapia como culinarista de alimento vivo. E afirmou: “Esse não é o nosso foco. Estamos voltados para a produção individual de sementes com maior consciência na idéia da alimentação e do impacto ambiental da natureza causados pelos nossos hábitos. Isso aqui é um laboratório de investigação da produção e uso de sementes orgânicas e germinadas”.


Site e ioga nos planos para 2008
A construção do site do Terrapia, cujo lançamento está previsto para este ano, já está em andamento. Segundo Maria Luiza, o trabalho está bem adiantado, faltando apenas a parte gráfica. "A estrutura já está toda definida e agora falta apenas o aspecto gráfico que dará vida ao site. Nossa idéia é usar desenhos e pequenos vídeos com a demonstração de desenvolvimento e montagem de receitas, de germinação de sementes, entre outros”, adiantou, enfatizando: "O site será muito interativo e, além disso, servirá como fonte de divulgação e alimentação de novas técnicas e experiências. Será, no meu entender, a grande janela do Terrapia para o mundo pois. De acordo com Luiza, com o site será possível suprir uma grande demanda de informação oriundas de outras cidades e países, e dar suporte a esses pequenos grupos. "Além disso, fortificar a rede de compra de sementes pelo país também é muito importante”, afirmou.

Para 2008, também estão previstas aulas de ioga com Geraldo Guimarães todas as quintas-feiras às 7h da manhã. A atividade é voltada para todos os interessados, que participam ou não dos seminários do Terrapia. As aulas são gratuitas e terão foco na respiração. “É muito importante que todos desenvolvam a respiração de forma correta porque nós nos alimentamos pelo pulmões e pela boca. Uma dado importante que temos aprendido com as aulas é que respirar não é apenas simplesmente colocar ar para dentro e sim para fora do corpo”, contou Maria Luiza.


Receita: consomé de legumes e sementes germinadas:

Ingredientes:
1 xícara de aveia e girassol sem casca
2 batatas baroas médias
2 tomates
¼ de um pimentão vermelho
½ abacate
½ molho de basilicão
Limão, molho shoyu, azeite e pimenta fresca à gosto

Preparo:
Processe tudo no liquidificador e coe em um pano limpo ou em um coador de voal (à venda no Bazar do Terrapia). Sirva frio ou amornado.

Fonte:
http://www.ensp.fiocruz.br/informe/materia.cfm?matid=8716

19 de fev de 2008

Biochip e Terrapia

Fique ligad@ nos cursos de alimentação viva oferecidos pela PUC-Rio e pela Fiocruz. Ambos são gratuitos.

PUC: Convivências com o BioChip, com Ana Branco.
Matéria Eletiva do Depto de Artes e Design oferecida aos Deptos da Puc-Rio e a comunidade através do Grupo Aberto de Estudos e Pesquisa e Desenho com Modelos Vivos.
De 27/02 a 08/06
Segundas e quartas, de 9h às 11h
http://wwwusers.rdc.puc-rio.br/anabranc/portugues/biochip_calendario.htm

FIOCRUZ: Projeto Terrapia na ENSP, com Maria Luiza Branco.
De 27 de março até o fim de julho.
Terças às 10h e quintas às 8h.
Mais informações com Silvia, pelos telefones 2598-2521 e 2598-2519, ou pelo e-mail terrapia@ensp.fiocruz.br

15 de fev de 2008

Feiras orgânicas

Segue lista das feiras orgânicas com garantia da Associação de Agricultores Biológicos do Estado do Rio de Janeiro (ABIO):

Rio de Janeiro
# Feira Cultural e Ecológica da Glória
Endereço: Praça do Russel
Glória - Rio de Janeiro - RJ
Horário: todos os sábados pela manhã

Niterói
# Feira do Campo de São Bento
Endereço: Campo de São Bento
Icaraí - Niterói - RJ
Horário: todas as quintas-feiras pela manhã

# Feira de Itaipu
Endereço: Estrada de Itaipu, esquina com a Avenida Central
Itaipu - Niterói - RJ
Horário: todos os sábados pela manhã

# Feira do Horto do Fonseca
Endereço: Alameda São Boaventura - Horto
Fonseca - Niterói - RJ
Horário: todas as terças-feiras pela manhã

# Feira Ponto Org - Produtos Vale das Palmeiras
Endereço: Rua Ministro Otávio Kelly, 231
Jardim Icaraí - Niterói - RJ
Telefone: (21)2611-6859
Horário: todos os sábados, das 8:00h às 15:00h horas

Fonte: www.abio.org.br/feiras.php

14 de fev de 2008

Rainbow 2008

Encontro Sulamericano Rainbow da Família Arco-Íris no Brasil
ONDE: Serra Azul, Mato Grosso, Brasil
06 de abril à 05 de maio 2008 (campo semente começa em março)


Nós, da tribo do Arco-Íris, filhas e filhos da Terra e do cosmos, irmãs e irmãos no amor e luz, amig@s da natureza, e todas as pessoas unidas pelo amor e pela busca da harmonia, convidamos pacificamente todos os seres para celebrar conosco e expressar nossas sinceras preces pela paz mundial e pela cura planetária.

Sugerimos trazer:
Para você: prato, caneca, colher, lanterna/pilhas, velas, comidinhas naturais, saco-de-dormir, barraca, fósforos/isqueiros, instrumentos musicais, agasalhos (vai chover), amor pelas pessoas e pela nossa Grande Mãe.

Para família: amor, serviço, comida orgânica integral, frutas, vegetais, castanhas, ervas, temperos, panelas e utensílios de cozinha, boas vibrações, ferramentas (facão, cavadeira, pá, enxada, serrote,etc...), instrumentos, medicinas da floresta e itens de cura e primeiros socorros, tipis, cordas, lonas, tendas, velas, p.h., magias, arte, doações para o chapéu mágico, coisas para compartilhar, conhecimentos para trocar, livros, sementes, vida.

Deixar para trás:
Álcool, drogas, carne, substâncias sintéticas (inclusive sabão e shampoo - a água é sagrada - só bem longe dos rios), armas, más vibrações, rádios ou quaisquer instrumentos eletrônicos (exceto lanterna), animais de estimação.

Vá ao Rainbow de coração aberto e você terá a visão. Traga sua luz do amor e a deixe brilhar. Essa é uma experiência de vida cooperativa, não há líderes nem hierarquias, as decisões são feitas através do consenso. Um evento espiritual, livre e não-comercial, participação é a chave. Nós somos um.

Boa viagem, venham na luz !!!


13 de fev de 2008

Combinando alimentos

Recebi por e-mail e publico abaixo dicas sobre combinações de alimentos. A sistematização abaixo parte do princípio de que nem todos os alimentos são devidamente compatíveis, devido às enzimas necessárias para seu metabolismo.

Forte abraço,
Bruno

ALIMENTOS COMBINADOS:

Incompatíveis
frutas + hortaliças (exceto a maçã, que pode ser combinada com hortaliças)
frutas + açúcar
cereais + lacticínios
cereais + carne
carne + lacticínios
ovos + lacticínios e carne

Pouco compatíveis
frutas doces + frutas ácidas
hortaliças + lacticínios
gorduras e óleos + carne
cereais e leguminosas germinadas + lacticínios
leguminosas germinadas + frutas
cereais + açúcar

Compatíveis
frutas + grãos germinados
frutas doces + frutas doces
frutas ácidas + frutas ácidas
cereais + hortaliças
cereais + frutas
carnes + hortaliças

Comer isolados
melão e melancia

12 de fev de 2008

The Meatrix

Vale a pena assistir a versão dublada em português da animação "The Meatrix", que pode ser acessada pelo link:
http://themeatrix.com/intl/brazil/dub/

Abaixo, algumas informações sobre a animação, disponíveis no site.

Sinopse
Criado pela Free Range Graphics para o programa Sustainable Table do GRACE’s, Meatrix é uma animação humorística, em flash, de apenas quatro minutos de duração. A película é uma sátira ao filme Matrix e chama atenção do público aos problemas causados pelas fazendas industrias.

Ao invés de Keanu Reeves, a estrela de Meatrix é um jovem porquinho, o Leo, que vive numa agradável propriedade familiar... e é isso o que ele pensa. Leo é abordado por um boi, vestindo um sobretudo preto, o Moopheus, que mostra a ele a dura verdade sobre o agronegócio. Uma paródia ao filme Matrix. No final do filme, o espectador é direcionado para uma "página de ações" que oferece informações adicionais sobre as fazendas industriais e encoraja os consumidores a apoiarem as propriedades familiares locais e a adquirirem carne orgânica assim como alimentos produzidos de forma sustentável como laticínios e ovos. Estas informações podem ser encontradas no site Eat Well Guide (Guia Comer Bem).

Meatrix está obtendo um sucesso sem precedentes para um filme ativista online. Desde o seu lançamento em Novembro de 2003, Meatrix tem sido visto por todo o mundo e já foi visto online www.themeatrix.com por mais de 10 milhões de pessoas.


Sobre O Meatrix
Meatrix é um produto do primeiro concurso Fundo de Apoio ao Ativismo promovido pela Free-Range Graphics, uma empresa precursora em design. Em fevereiro de 2003, a Free Range convidou Organizações Não-Governamentais de todo os Estados Unidos a submeterem propostas para concorrer à produção gratuita de um filme flash. Depois de revisar cuidadosamente mais de 50 inscrições, a Ong premiada foi o GRACE com o seu programa Sustainable Table (Mesa Sustentável).

Sustainable Table tem como objetivo alertar os consumidores sobre os problemas das fazendas industriais e também mostrar a importância da escolha diária de comidas sustentáveis, ou seja, mais naturais sem agrotóxicos e produzidas de forma mais saudável. O filme Meatrix foi originalmente produzido como uma forma de promover o Eat Well Guide (Guia Comer Bem), um diretório online oferecido pelo Sustainable Table. Nele, o consumidor encontra uma opção de locais onde encontrar alimentos benéficos que incluem desde carne, frango a laticínios e ovos, produzidos até mesmo por pequenas fazendas familiares, tanto nos Estados Unidos como no Canadá.

Dias após o lançamento do Meatrix, o seu sucesso logo se tornou evidente como uma excelente ferramenta no processo de conscientização sobre o problema mundial da agricultura industrial. O filme também quebrou recordes de público considerando o fato de ser um produto de cunho ativista. Somente nos primeiros meses da sua estréia milhões de pessoas assistiram à fita.

Em 2005, Sustainable Table percebeu a necessidade de se criar um novo filme. A indústria de laticínios move-se cada vez mais em direção ao sistema de produção industrializado, o que leva ao deterioramento do meio-ambiente, animais e seres-humanos. Então, surgiu o filme Meatrix II: Revolting. O filme que aborda os horrores da indústria de laticínios oferece junto a website um leque de informações para os consumidores em geral e também soluções sustentáveis para resolver o problema da agricultura industrial.

29 de jan de 2008

Vivência com alimentos vivos em Niterói

Alimentação Viva é baseada em sementes em processo de germinação e brotação, combinados com vegetais crus e frescos. Dispensa o uso de fogão e geladeira, pois é baseada na energia vital dos alimentos.

Nas Vivências os participantes têm possibilidade de vivenciar a prática cotidiana da alimentação viva, sempre em grupo.

O objetivo é oferecer a reflexão a cerca dos impactos dos hábitos alimentares cotidianos na preservação do Meu-Ambiente, (visto como Ecossistema Corporal Humano), auto cuidado através de práticas naturais e hábitos de vida ecológicos a partir da Alimentação Viva.

Quem participa são pessoas interessadas na prática da Alimentação Viva e do Estilo de Vida Ecológico de qualquer idade e escolaridade.

Como participar das Vivências:
Chegar ao Ponto Org trazendo 2 maçãs e uma porção de sementes germinadas (para aqueles que sabem germinar). Os participantes são incentivados a consumir as folhas verdes na feirinha orgânica do Ponto Org.

Horário: sábados, das 14h às 17h.

Quem oferece é o Grupo do Alimento Vivo de Niterói.

Organizado por Juliana Malhardes, produtora orgânica de brotos, ambientalista, com experiência em Alimentação Viva e do estilo de vida ecológico que acompanha, dentro da visão da Educação Ambiental. Monitora do Projeto Terrapia – Alimentação Viva na Promoção da Saúde / ENSP / FIOCRUZ, Bacharel em Direito e pós graduada em Gestão Ambiental pela FGV.

Parceiros: Projeto Terrapia - Alimentação Viva na Promoção da Saúde / CSGSF / ENSP / FIOCRUZ

Local: Rua Ministro Otávio Kelly 231, Jardim Icaraí, Niterói.
Tel.: 2611.6859

15 de jan de 2008

Proteínas, por Dr. Soleil

Utilizando produtos animais como fonte de proteínas também absorvemos grande quantidade de gorduras e colesterol. Além disso, os produtos animais são deficientes em fibras e, freqüentemente, estão contaminados por vírus, bacterias e produtos químicos. Os alimentos de origem vegetal são pobres em colesterol e gorduras, mas ricos em fibras. Constituem, portanto, a melhor fonte de proteínas para a alimentação humana.

Leia mais:
http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2008/01/409053.shtml


14 de jan de 2008

21 de dez de 2007

Recesso

Informamos que a partir de hoje, dia 21, o Trigo & Girassol entra em recesso de final de ano. Nossa casa estará aberta novamente a partir do dia 7 de janeiro, segunda-feira. Até lá!

Boas festas a todxs! Muita luz em 2008!

Mensagem de Natal


Ceia orgânica de Natal

A Feira Orgânica e Cultural da Glória convida amigos, consumidores e simpatizantes para participarem da confraternização de Natal a ser realizada neste sábado, dia 22 de dezembro, a partir das 10h. Será oferecido um café da manhã com alimentos orgânicos comercializados na feira.

Às 9h, haverá prática de yoga aberta aos interessados. A partir das 10h30, show musical com o grupo Cadência Carioca e participações especiais de Rafael Domingos e Ghandarva Mantras Music.

Quem ainda não comprou presente de Natal terá uma ótima oportunidade. A feira oferece uma grande variedade de artesanatos ecológicos, feitos com materiais reciclados e reaproveitados. Inove, presenteie quem você gosta com lembranças criativas e que reduzem o lixo do planeta!

A Feira Orgânica e Cultural da Glória fica na Praça do Russel, em frente ao número 300 – Glória, Rio de Janeiro.

13 de dez de 2007

Homenagens e certificados no Encontro do Alimento Vivo no Terrapia

Preparação de alimentos e música. Assim começou o encontro Bianual do Alimento Vivo no Rio de Janeiro realizado na Horta do Projeto Terrapia Alimentação Viva na Promoção da Saúde do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP/Fiocruz). A manhã do dia 6 de dezembro contou com a preparação do suco de clorofila e pratos feitos com alimentos germinados. Muitas pessoas participaram do encontro que certificou alunos dos Seminários do 2º semestre de 2007 com o diploma de "Produtores de brotos e sementes germinadas".

Pensando na proteção do meio ambiente a coordenadora do Terrapia, Maria Luiza Branco, homenageou os colaboradores do projeto e os presenteou com sementes germinadas e uma bolsa de pano para que substituam o uso excessivo de sacolas plásticas de mercado. Um almoço de confraternização preparado com sementes germinadas, brotos e vegetais in natura encerrou o encontro.

O Projeto Terrapia, Alimentação Viva na Promoção da Saúde da ENSP completou em 2007 uma década de disseminação de práticas naturais de cuidados com a saúde. Os seminários realizados pelo grupo são voltados a pessoas interessadas em mudanças de hábitos de vida com o uso do cultivo doméstico de sementes germinadas, brotos, prática de preparo da alimentação baseada em vegetais crus e estímulos aos hábitos de vida ecológica.

Fonte: ENSP/Fiocruz

De volta

Prezados leitores,

Nosso blog esteve bloqueado pelo Blogspot na última semana e, por isso, não foi possível atualizá-lo. A justificativa da empresa era de que nosso endereço poderia ser de um "spam blog", ou seja, um blog sem conteúdo. (!!!)

Felizmente, o blog foi desbloqueado hoje. Pedimos desculpas e afirmamos que a (ir)responsabilidade é toda do Blogspot :) É um absurdo que isto tenha acontecido. Esperamos que esta tenha sido a primeira e última vez.

A partir de agora, estamos de volta para alimentar vossas mentes e espírito.

Forte abraço,
Trigo & Girassol

3 de dez de 2007

Terrapia promove encontro sobre Alimento Vivo

O encontro Bianual do Alimento Vivo no Rio de Janeiro será realizado no dia 6 de dezembro na ENSP. A reunião, que acontecerá na Horta do Terrapia, está marcada para às 8h. Na programação estão agendadas a preparação do suco de clorofila em grupo, música ao vivo e entrega dos certificados de “Produtores de brotos e sementes germinadas" aos alunos dos Seminários do 2º semestre de 2007.

Na parte da tarde acontecerá o almoço de confraternização com refeições vivas preparadas por cada participante. De acordo com Maria Luisa Branco, coordenadora do Terrapia, todos os interessados podem participar do encontro partilhando o conhecimento com um prato preparado com sementes germinadas, brotos e vegetais in natura.

Fonte: http://www.ensp.fiocruz.br/informe/materia.cfm?matid=7367

OBS: A ENSP fica na Fiocruz: Rua Leopoldo Bulhões, 1480 - Manguinhos, Rio de Janeiro CEP: 21041-210

29 de nov de 2007

Almoço no Trigo & Girassol

Foto do almoço desta quinta-feira (29/11).
Após o almoço, fizemos uma oficina de origami.
Dobramos lindas borboletas e as colocamos em uma linha,
formando um móbile.

13 de nov de 2007

O banquete dos deuses

Eu vi em meu sono uma grande mesa posta em uma bela montanha, cujos distantes picos estavam cobertos de neve, e brilhavam com uma intensa luz. Ao redor da mesa estavam doze pessoas, seis homens e seis mulheres, alguns dos quais eu reconheci de imediato, outros apenas mais tarde. Aqueles que reconheci de imediato eram Zeus, Hera, Palas Atena, Apolo e Ártemis. Os reconheci pelos símbolos que usavam...

Leia mais: http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2007/11/401491.shtml

(Texto recomendado por Ana Branco a seus alunos do curso "Convivência com o Biochip")

6 de nov de 2007

A vida só vem da vida

Não mateis nem homens, nem animais, nem o alimento que vai para vossa boca. Pois, se comerdes comida viva, a mesma vos vivificará, mas se matardes a vossa comida, a comida morta vos matará também. Pois a vida só vem da vida, e da morte só vem a morte. Tudo o que mata os vossos alimentos, mata-vos o corpo também. E tudo o que mata o vosso corpo também mata vossa alma. E o vosso corpo torna o que são os vossos alimentos, como o nosso espírito se torna o que são nossos pensamentos.
Evangelho Essênio

5 de nov de 2007

Foto kirlian de semente germinada

Mais informações sobre a foto kirlian (bioeletrografia):
http://www.kirlian.com.br
http://pt.wikipedia.org/wiki/Fotografia_Kirlian

Casa das Sementes Livres - Aldeia Velha

A Escola da Mata Atlântica convida todos a participar de suas atividades de final de ano:

31/10 - Construção de um banco de sementes: busca coletar, armazenar e distribuir sementes, com o objetivo de expandir as sementes caboclas – que são livres de modificação genéticas, não possuem patentes e estão em processo de extinção. Isso garante que os agricultores tenham acesso gratuito a sementes de qualidade, gerando alimentos mais saudáveis para todos nós. Nesse dia, será realizada uma reunião com os construtores da Casa das Sementes para definição final do projeto.

2/11 - Será realizado um bingo beneficente com o objetivo de contribuir para a construção da Casa das Sementes Livres. Contamos com a participação de todos!!!

15/11 - No feriado será a própria construção da Casa das Sementes Livres de Aldeia Velha. Haverá o Mutirão Comunitário de construção da sede para guardar e distribuir sementes caboclas, livres de transgênicos, dos agricultores da região. Vamos todos ajudar na construção!!!

15/12 - Será realizado o Aldeia Cultural – II Mostra de Conhecimento Tradicional de Aldeia Velha. Produtores, artesãos, artistas e agricultores de Aldeia Velha estão todos convidados a participar!!! Esse ano teremos a Feira de Produtores e Sementes. Vamos guardar sementes agrícolas e de árvores para trocar!!!

Contato: Tadzia Maia (favor enviar sinal de fumaça ou mensagem telepática)

29 de out de 2007

Mutirão Verdejar

No próximo fim de semana (3 e 4/11), o Grupo de Agricultura Ecológica (GAE) promove o "Mutirão de Apoio ao Verdejar", na Comunidade Sérgio Silva, Serra da Misericórdia.

No sábado, o grupo organizará a limpeza e o cercamento da entrada da comunidade, com a participação dos moradores. À noite, será realizado um encontro cultural, com muita música, poesia e intervenções livres.

Já no domingo, haverá oficinas de agrofloresta, horta agroecológica, manejo de compostagem orgânica e banheiro seco. Também haverá plantio de mudas e sementes, tanto arbóreas como adubo verde (sementes e mudas serão bem-vindas). Os índios da ocupação dos Tamoios estarão no local compartilhando suas práticas de plantio e cultura.

O que levar?
- Roupas leves, porém firmes (calça, camisa e calçado fechado);
- Ferramentas (facão, foice, pedra de amolar, lima, serrote curvo, etc);
- Protetor solar e/ou chapéu de palha,
- Repelente (citronela, de preferência);
- Se for dormir, leve barraca;
- Alimentos (o almoço será feito com os alimentos levados);
- Disposição e boa vontade!

Como chegar?
O Verdejar fica na Comunidade Sérgio Silva, na rua Sérgio Silva, bairro Engenho da Rainha, em frente ao Conjunto Residencial dos Músicos (Estrada Velha da Pavuna, 4441). Pontos de referência: Escola de Samba Boêmios de Inhaúma, Panificadora Verão Vermelho.

>> De metrô: descer na estação Engenho da Rainha, saída "Conjunto dos Músicos". Chegando no conjunto, é só perguntar onde fica o Verdejar - todo mundo sabe!
>> Chegando à Comunidade Sérgio Silva (após subir uma rua em aclive), suba a trilha à direita. É bem fácil.

Contatos:
Poeta: 8760 1041
Diogo: 9742 0450
Marcelle: 3372 0613
Eric: 9717 2931
Carolina: 9223 8944

Pão essênio

A receita básica tem mais de 2000 anos e consta do Evangelho de Paz dos Essênios.

1. Colocamos uma xícara e meia de grãos orgânicos (trigo, centeio, milho, cevada, aveia) em três xícaras de água, durante uma noite. Escorremos a água e deixamos germinar durante 36 horas, enxaguando e escorrendo os grão de duas a três vezes ao dia.
2. Moemos os grãos germinados em um moedor, um liqüidificador ou um processador. Amassamos até adquirir a consistência de uma massa de pão.
3. Podemos adicionar diversos temperos (timo ou cominho), alimentos (alho ou cebola picada) ou passas, tâmaras, sementes de girassol, etc.
4. Untamos uma assadeira ou frigideira e colocamos a massa em rodelas achatadas.
5. Colocamos no sol ou em um lugar quente (um forno morno).
6. O pão está pronto quando por fora formou-se uma crosta fina e dentro está úmido, mas não grudento.

Obs1:: É preferível desidratar o pão ao sol, pois a massa absorverá a energia do astro rei, fonte da vida na Terra. Em caso de dia nublado, pode-se usar o forno, tomando cuidado para não aquecer demais.
Obs2:: Caso prefira, você pode encomendar seu pão essênio no Trigo & Girassol.


"Deixai que os anjos de Deus vos preparem o vosso pão. Umedecei o vosso trigo, para que o anjo da água penetre nele. Ponde-o então no ar, para que o anjo do ar o abrace. E deixai-o da manha à noite debaixo do sol, para que o anjo da luz solar desça sobre ele. E a benção dos três não tardará a fazer o germe da vida brotar no vosso trigo. Em seguida moei o vosso grão e fazei obreiras finas, como faziam seus antepassados quando partiam do Egito a casa da servidão. Tornai a pô-las debaixo do sol quando ele aparece e, quando ele subir ao ponto mais alto dos céus, virai-as do outro lado para que elas sejam abraçadas ali também pelo anjo da luz solar e deixai-as onde estão até que o sol se ponha. Pois os anjos da água, do ar da luz solar alimentaram e amadureceram o vosso trigo do campo e, da mesma forma, precisam também preparar o vosso pão" (p.43,44 SZEKELY, 1981).

16 de out de 2007

Alimentos vivos: mais energia para o organismo

Os alimentos vivos (biogênicos e bioativos) fornecem energia ao corpo, enquanto os alimentos bioestáticos e biocídicos tiram a energia dele. Consumidos em grande quantidade, os alimentos cuja força vital foi destruída fazem o organismo trabalhar muito para se desintoxicar e mobilizam durante horas o sistema imunológico. Durante a digestão, provocam uma grande elevação do número de glóbulos brancos no sangue. Elevam a pressão arterial e a temperatura.

Essa estimulação pode ser agradável, já que provoca uma breve euforia, mas é seguida de um intenso cansaço. Pouco a pouco, de tanto nos estimularmos artificialmente, descarregamos nossa bateria de energia vital e ficamos vulneráveis física, emocional e mentalmente.

Não é necessário renunciar totalmente a esses alimentos. Se consumirmos 60 a 80% de alimentos vivos, podemos metabolizar 20 a 40% de alimentos bioestáticos sem dificuldade... e uma pequena quantidade de alimentos biocídicos.

Se compreendermos isso, ficamos livres de sentimentos de culpa quando consumimos alimentos bioestáticos ou biocídicos para satisfazer nosso paladar ou nossa vida social.

Fonte: Dr. Soleil, "Você sabe se alimentar?"

15 de out de 2007

Como fazer seu coador de pano

1 - Em um pedaço de aproximadamente 50cm x 50cm de pano tipo voal, recorte um círculo.
2 - Acenda uma vela e passe a borda do círculo perto da chama. Esse "acabamento" evitará que o pano desfie.
3 - Com um incenso aceso, faça pequenos furos ao redor do círculo, com um espaço de cerca de dois centímetros a partir da borda.
4 - Passe um elástico grosso (aqueles de formato redondo) pelos furos, trançando, e de um nó nas pontas.

9 de out de 2007

Suco verde

Existem muitas maneira de se preparar o suco verde, também chamado "suco de luz" ou "sangue vegetal". Eis uma receita deliciosa:

1 - Separe duas ou três maçãs por pessoa. Lave-as, corte-as ao meio e retire as sementes. Pique em pedacinhos e jogue no liquidificador. Obs: Não acrescente água.
2 - Pressione repetidas vezes o botão pulsar do liquidificador, enquanto empurra as maçãs picadas contra a hélice utilizando um bio-socador (pode ser um pepino ou uma cenoura, por exemplo). É importante utilizar o bio-socador para não correr o risco de danificar a hélice do liquidificador.
3 - Acrescente folhas verdes, para extrair a clorofila. A couve e o hortelã são excelentes. Pode-se usar também folhas de abóbora, de beterraba, de cenoura, espinafre, bertalha, chicória, capim limão, etc.
4 - Adicione inhame, cenoura ou algum outro legume ao seu gosto.
5 - Coe em um coador de pano. O pano voal é ideal para fazer seu coador.
6 - Coloque o suco novamente no liquidificador e bata com sementes germinadas. Utilize um punhado de sementes por pessoa. Pode-se usar trigo, girassol ou lentilha, por exemplo.
7 - Agora é só coar novamente e se deliciar com essa maravilha da natureza!

2 de out de 2007

13 anos da Feira Orgânica e Cultural da Glória

A Feira Orgânica e Cultural da Glória foi criada em 16 de Outubro de 1994 – Dia Mundial da Alimentação – seu primeiro nome foi Feira Cultural e Ecológica. Sua criação aconteceu após a realização da ECO-92, encontro realizado na cidade do Rio de Janeiro que teve como proposta a diversidade biológica do planeta.

A atual localização da feira – Rua do Russel, Glória – serviu na época do evento como um dos pontos utilizados pela organização. A COONATURA (Associação Harmonia Ambiental) – associação de consumidores orgânicos, já extinta – e a ABIO (Associação de Agricultores Biológicos do Estado do RJ) – responsável pela certificação e fiscalização dos produtores orgânicos – foram as suas idealizadoras.

A "Feirinha da Glória", como é conhecida carinhosamente, tem como objetivo possibilitar o acesso do consumidor a alimentos de alto valor biológico e isentos de resíduos tóxicos. E também: aproximar agricultores e consumidores, difundir informações sobre agroecologia, alimentação natural e cultura alternativa, além de promover atividades culturais. Estamos assim, incentivando a agricultura familiar, promovendo a preservação do meio ambiente e possibilitando bem viver para futuras gerações.

Atualmente, participam da feira 13 produtores vindos dos municípios de Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Itaboraí, Maricá, Niterói, Petrópolis, Seropédica e Rio de Janeiro. Hoje proporcionamos trabalho para 70 famílias. A feira, além de ter sido a pioneira no município do Rio de Janeiro, representa no momento o ponto mais tradicional de onde encontrar alimentos orgânicos da cidade.


::: Programação do evento :::

9h - Oficina de Origami com VILMA

9h 15 - Oficina de Material Reaproveitável

10h - Contadoras de Histórias com CRISTINA TERRA e MÁRCIA BLOCH

10h30 - Show com a Orquestra TOCANTE do INSTITUTO TOCANDO EM VOCÊ

11h - Show de Dança com a CIA. de DANÇA do VENTRE do ESPAÇO CULTURAL CHANDRA e SURYA

11h30 - Show Instrumental com o GRUPO CADÊNCIA CARIOCA - MAURO JERONYMO (bateria), GUILHERME LESSA (baixo) e IAN ( bandolim)

* Lançamento do Livro " Em raiz cresce o que planta o coração", livro de plantas medicinais para crianças da autora LUCIENE PRADO.
* Sorteios: livros, almoço em restaurantes vegetariano, natural e macrobiótico, cesta de alimentação orgânica;
* Distribuição gratuita de mudas;
* Exposição de artesanatos ecológicos.

AO FINAL DAS ATIVIDADES SERÁ OFERECIDO O TRADICIONAL BOLO ORGÂNICO.

DATA: 20 de Outubro de 2007
LOCAL: Feira Orgânica e Cultural da Glória - RJ
ENDEREÇO: Rua do Russel, em frente ao Nº 300 – Glória

*ESTACIONAMENTO NO LOCAL
*PRÓXIMO À ESTAÇÃO DO METRÔ GLÓRIA

Comunidade no orkut


Acaba de ser criada a comunidade Trigo & Girassol, no Orkut, um espaço para troca de informações sobre alimentação viva.

Confira:: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=39937340